Kathryn Newton concedeu uma entrevista ao site Metro do Reino Unido e falou o que esperava que ia acontecer na segunda temporada de ‘The Society’ que foi cancelada pela Netflix no dia 21 de agosto (você pode ler mais aqui). Confira a matéria traduzida abaixo:

A Netflix cancelou The Society depois de uma temporada, deixando os fãs completamente devastados.

A série – protagonizada por Kathryn Newton, Jack Mulhern e Kristine Froseth – seguia um grupo de adolescentes que foram tirados de sua cidade para uma nova realidade estranha, mas o caos rapidamente se intensifica quando as coisas ficam meio “O Senhor das Moscas”.

A série havia sido renovada para uma segunda temporada depois de uma estreia poderosa e a mãe de todos os cliffhangers, mas os chefes da plataforma de streaming revelaram o corte na sexta.

Falando sobre antes do cancelamento, Kathryn, que interpretava Allie Pressman – levantou o que ela gostaria de ver na segunda temporada.

Caso você precise de um lembrete, terminou com Allie sendo aprisionada por Campbell e Lexie pegou a liderança da cidade depois de um golpe, antes de sermos transportados para seu antigo lar, onde seus pais continuaram a vida sem eles – sugerindo que eles estavam em um universo paralelo.

Honestamente, foi uma loucura e ficamos fissurados.

Conversando com o Metro.co.uk, Kathryn revelou suas previsões: “Acho que a Allie vai voltar mais forte. Quer dizer, ela é meio como um rei e a coroa é pesada.”

“E acho que as pessoas vão perceber isso, quem tentar derrubá-la vai sentir o peso dessa coroa. Então espero que ela volte mais forte, eu acredito nela.”

“Allie é uma menina forte. Ela é uma personagem forte. Eu mudei depois dessa série.”

Ela também revela quem que ela queria que estivesse no poder se a Allie não conseguisse – ela daria uma chance ao Campbell.

“Bom, eu sou uma grande fã do Campbell,” ela continua. “Eu sei que ele é um péssimo personagem na série.”

“Mas eu gostaria de ver o estrago que ele faria, porque seria divertido.”

E Kathryn revelou que a resposta positiva do público a deixou honrada.

Fonte: Metro UK